SUTHUB lança inovação Zero-Code para venda self-service de seguros 

Plataforma é um passo revolucionário para o mercado de varejo e promete agilizar a abertura de diferentes canais de vendas reinventando a forma de vender
 

SUTHUB, startup responsável por monetizar canais com vendas de seguros e produtos financeiros, avança no projeto de oferecer cada vez mais inovação e facilidade para que um canal de vendas físico ou digital do varejo brasileiro possa vender seguros. A empresa apresenta o Zero-Code, plataforma self-service que auxilia qualquer empresa do varejo a criar, gerir e replicar canais de venda físicos e digitais de forma autônoma para venda direta ou assistida, reinventando a forma de vender no varejo. Com a plataforma, é possível simplificar a abertura de um ponto de vendas físico ou digital sem complexidade de forma fácil e rápida, e principalmente, sem a necessidade de desenvolvimento e programação de códigos.
 

“Com a pandemia, tivemos uma explosão de aceleração do mercado varejista e a migração forçada para o digital. Avanços que eram esperados para daqui a alguns anos tiveram de ser postos em prática o quanto antes. Por isso, para atender às necessidades desse importante nicho da economia, fomos transformando e incrementando nossa plataforma, com o objetivo de colocar canais à venda de forma cada vez mais rápida, sempre comprometidos em entregar o nível máximo de segurança”, explica Marcos Watanabe, CTO da SUTHUB.
 

O lançamento é um passo importante não só para a empresa, mas para o mercado de varejo como um todo. Com Zero-Code, um site de vendas consegue ser gerado automaticamente, sem esforços para implementação e disponibilização de uma operação de vendas, o que representa também ganhos significativos em tempo e dinheiro.
 

Com isso, um canal de varejo pode ampliar o seu portfólio, ofertando novos produtos ao mercado, como também, para os produtos já disponíveis, conectar previamente, ou seja, basta preencher dados cadastrais para iniciar a comercialização. Outra modificação é na gestão hierárquica de canais e vendedores, que passa a acontecer de forma simples e direta, sem a necessidade de suporte técnico para operações diárias, tornando os acessos mais livres, pela simplicidade. A plataforma é capaz de disponibilizar ainda relatórios gerenciais para acompanhamento dos resultados de diferentes operações de vendas.
 

“O varejista pode utilizar a corretora de seguros que ele já possui, ou podemos recomendar uma de nosso portfólio de parceiros”, complementa o executivo.
 

A empresa também dispõe de um amplo hub de seguros, o que permite maior exposição do canal para contato e negociação com parceiros e um portfólio crescente e disponível aos canais. Como a plataforma é omnichannel, qualquer canal de venda pode utilizar, seja físico ou digital.
 

“O Zero-Code é resultado de anos de avanços tecnológicos. É um divisor de águas, uma plataforma que abre portas para um mercado cada vez mais amplo e democrático. Útil para pequenas, médias e grandes empresas, acessível a quem não entende de desenvolvimento e programação e seguro, graças aos anos de testes para fortalecer as tecnologias que oferecemos”, conclui Watanabe.
 

Quer uma dica?

A segunda turma do curso de Insurtech e Inovação em Seguros em 8 aulas vai começar no dia 16 de agosto. Saiba mais clicando aqui ou acessando https://cursos.insurtechbrasil.com

ARTIGOS SIMILARES

Advertisment

POPULARES