Thiaguinho e Marcus Buaiz investem na insurtech Azos e compõem o board

Com a proposta de democratizar apólices de seguro de vida, a Azos acaba de ganhar dois sócios badalados. O empresário Marcus Buaiz e o cantor Thiaguinho, que são amigos e sócios em outros negócios, decidiram investir juntos na insurtech e, agora, passam a ocupar cadeiras no conselho. O valor dos investimentos e a participação não foram revelados.

“Fiquei encantado pela tese. Eu acredito muito em propósito e a Azos tem um muito forte: quer mudar profundamente o mercado de seguradoras. Além disso, gosto muito da ideia de sociedade complementar, que é o que a gente tem agora. Ninguém é bom em tudo, é muito importante construir um time como a gente tem. Estou muito animado”, disse Buaiz ao Pipeline. Ele é embaixador do BTG e membro de outros nove conselhos. Este é o primeiro investimento do empresário em uma empresa do setor de seguros.

“Sem dúvida, a missão de democratizar o serviço de seguro de vida e simplificar o acesso do público a esses serviços foi o que mais me atraiu. Imprevistos acontecem, independentemente da profissão e poder aquisitivo”, emendou o músico. “Quero trazer minha experiência como empresário, bagagem que adquiri ao longo dos meus 20 anos de carreira, além de contribuir com projetos que envolvem pautas sociais que gerem um impacto positivo para a sociedade”. Thiaguinho vai atuar nas áreas de comunicação e diversidade da empresa.

É um modelo diferente daquele em que celebridades se tornam sócias de uma companhia ao receber ações como pagamento por estrelar campanhas de marketing, por exemplo – como recentemente fechado pela atriz Deborah Secco com o brechó Peça Rara ou já utilizado anos atrás pela Espaçolaser com a apresentadora Xuxa – mas que não se envolvem na estratégia.

A chegada dos novos sócios acontece um mês após a Azos receber um aporte de US$ 6 milhões da resseguradora Munich Re — a insurtech é o maior investimento da multinacional na América Latina. Ao todo, a startup já captou mais de R$ 100 milhões em funding junto a fundos como Kaszek, Maya, Propel e Prosus. Atualmente, são R$ 5 bilhões em capital segurado pela plataforma.

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://pipelinevalor.globo.com/startups/noticia/thiaguinho-e-marcus-buaiz-investem-na-insurtech-azos-e-compoem-o-board.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.

Quer uma dica?

A segunda turma do curso de Insurtech e Inovação em Seguros em 8 aulas vai começar no dia 16 de agosto. Saiba mais clicando aqui ou acessando https://cursos.insurtechbrasil.com

ARTIGOS SIMILARES

Advertisment

POPULARES