MAG Seguros aposta na Linha Vida Toda Bem-Estar como forma de potencializar negócios dos corretores

A MAG Seguros atua normalmente em riscos de morte, invalidez e sobrevivência, e trata esses riscos como reflexos da necessidade da sociedade. Concomitantemente a isso, a empresa criou, em 2020, o seu pilar de Bem-Estar, que tem como objetivo oferecer soluções para proteger financeiramente o cliente em decorrência de problemas com a saúde.

Para desenvolver este novo pilar de soluções, a MAG Seguros analisou todo cenário, como os cuidados com a longevidade, ao déficit da previdência social, e claro, de doenças graves que possam trazer dificuldade de acesso aos planos de saúde individuais, à insuficiência do serviço de saúde público e aos altos custos de subsidiar o plano de saúde.

“Nosso papel é o de nos mantermos atentos a esses desafios e apoiar a sociedade para enfrentá-los de forma segura”, explica Rodrigo Cunha, gerente de Desenvolvimento de Produtos.

Tanto para clientes como corretores, o pilar Bem-Estar pode ser visto como uma solução alternativa de acesso a saúde privada ou como um produto complementar aos produtos de saúde.

“Acredito que o Bem-Estar é uma forma de democratizar o acesso a saúde da população brasileira. Nossa proposta não é cuidar, ou ser responsável pelo tratamento da pessoa doente, e sim gerar algum conforto financeiro no entorno operacional da doença e das suas consequências”, acrescentou Rodrigo.

“Nossos produtos geram uma maior autonomia e liberdade de escolha para os segurados. Afinal, o capital segurado não funciona como reembolso de despesas médicas ou é mandatório o uso em alguma dependência ou estrutura médica”, completou Thiago Levy, head do pilar Bem-Estar da MAG Seguros.

Esse diferencial da MAG, com tantos benefícios, permite novos argumentos de venda para os corretores, contribuindo com a geração de novos negócios e oferta de produtos para um novo nicho de clientes.

“O apelo de venda a respeito de saúde e Bem-Estar é muito amigável. Além disso, temos benefícios pagos em vida, onde o beneficiário é o próprio segurado, e serviços de assistências. Por fim, com a sociedade ficando mais velha, o assunto longevidade é uma realidade. Quanto mais velhas as pessoas, elas vão ficar infelizmente mais doentes, vão realizar mais cirurgias e consequentemente gastar mais em internações hospitalares. O Pilar Bem-Estar pode ser um diferencial nas propostas dos corretores”, finaliza Cunha.

Quer uma dica?

A segunda turma do curso de Insurtech e Inovação em Seguros em 8 aulas vai começar no dia 16 de agosto. Saiba mais clicando aqui ou acessando https://cursos.insurtechbrasil.com

ARTIGOS SIMILARES

Advertisment

POPULARES