Nubank lança seguro de celular com cobertura de furto simples; veja preços

Mensalidade inicial do Nubank Celular Seguro varia de R$ 19 a R$ 62. Proteções extras custam mais.

O Nubank lança hoje o seguro de celular que tem a proposta de competir num mercado milionário. Conforme os preços dos smartphones subiram, mais pessoas passaram a se interessar pelo serviço, em especial por conta da insegurança nas cidades brasileiras. A empresa traz como diferencial a cobertura do furto simples, quando o cliente não sofre nenhuma violência no momento do crime. 

O produto batizado de Nubank Celular Seguro foi revelado há quase um mês, quando ainda estava em fase de testes. A partir de agora, o Nubank afirma que gradualmente mais consumidores terão a possibilidade de contratar a proteção.

Hoje em dia os consumidores encontram diversas ofertas de seguro na internet. As empresas prometem contratação simples, via aplicativo mesmo, e cobertura imediata. O Nubank aposta nesta abordagem, assegurando uma experiência de “simplicidade, zero burocracia e preço que cabe no bolso”. 

Normalmente as maiores seguradoras cobrem somente o furto qualificado, em que há violência ou sinal de arrombamento para que o criminoso tenha acesso ao pertence. Já o principal trunfo do anúncio de hoje é a inclusão do chamado furto simples, o que ainda é incomum neste mercado, apesar de algumas empresas oferecerem produtos similares. Este tipo de delito engloba, por exemplo, deixar a bolsa aberta no carrinho do supermercado e depois notar que o smartphone não está mais lá.

“A verdade é que nenhum furto é simples para o cliente”, diz a vice-presidente de produto Livia Chanes numa conversa exclusiva com o TechTudo. “Qualificado ou não, essa é uma dor de cabeça e nossa proposta é resolvê-la.” A executiva ressalta que a preocupação do banco é fornecer soluções para problemas reais dos clientes. 

“Logicamente, há alguns passos mínimos para requerer a cobertura, como a necessidade de boletim de ocorrência”, explica Livia. O banco também exige o cancelamento do IMEI do celular. Cabe lembrar que diversos estados permitem o registro de BO online e que o bloqueio pode ser feito em contato com a própria operadora.

Telas do app do Nubank que vazaram nos últimos dias dão o tom de como é a contratação do seguro de celular. O consumidor tem à disposição um simulador que informa os preços dependendo das características do contrato. É preciso escolher entre uma maior ou menor franquia, nome dado ao custo para efetivamente acessar o seguro após o crime. Cabe lembrar que alguns rivais não cobram franquia, caso da rival Pier. 

Em outras palavras, a pessoa tem a opção de pagar uma mensalidade maior e depois arcar com uma eventual franquia menor, ou o contrário – gastar menos mensalmente e mais numa tacada só, caso o celular seja roubado.

A área de Nubank Celular Seguro no aplicativo oficial também permite selecionar recursos extras, como a cobertura de danos acidentais e a validade do seguro em viagens ao exterior. Há carência de 30 dias a partir da contratação.

TechTudo pediu ao Nubank uma tabela com os preços dos seguros de celular. Em resposta, o banco explicou que as condições variam muito de acordo com o modelo de celular, seu valor e o tipo de cobertura. Também mandou as seguintes cifras: 

  • Galaxy A32 (Samsung): o celular que custa no mercado cerca de R$ 1.650 tem mensalidade inicial de R$ 19
  • iPhone 13 Pro Max (Apple): o celular que custa no mercado cerca de R$ 8.800 tem mensalidade inicial de R$ 62

O seguro de celular do Nubank é fruto de uma aliança com a seguradora Chubb. As empresas têm histórico de trabalhar em conjunto desde 2020, quando foi lançado o seguro de vida do Nubank. 

Por Thássius Veloso (@thassius) para o Techtudo

Quer uma dica?

A segunda turma do curso de Insurtech e Inovação em Seguros em 8 aulas vai começar no dia 16 de agosto. Saiba mais clicando aqui ou acessando https://cursos.insurtechbrasil.com

ARTIGOS SIMILARES

Advertisment

POPULARES